Terapia poderá sem em grupo ou individual

Psicologia oferece atendimento gratuito para estudantes da universidade

Neste momento de isolamento social, causado pela pandemia do novo coronavírus, muitos estudantes apresentam dificuldades emocionais, comportamentais e até no desempenho acadêmico. O curso de graduação e o Programa de Pós-graduação Stricto Sensu de Psicologia da PUC Goiás criaram um projeto para apoiar os estudantes de diversos cursos de graduação e pós-graduação para assistir os acadêmicos da graduação e da pós-graduação neste período. O Projeto de Apoio Psicossocial irá oferecer gratuitamente atendimento para estudantes matriculados na universidade.

Para participar os estudantes devem procurar a coordenação do curso e solicitar o atendimento. Mais de 50 atividades estão disponibilizadas aos acadêmicos de quaisquer dos cursos, distribuídas ao longo da semana (segunda, terça, quarta, quinta e sexta-feira), nos três turnos (manhã, tarde e noite). Os atendimentos serão realizados por profissionais clínicos, ligados ao curso, que projetaram rodas de conversas clínicas, oficinas temáticas e outros visando o treinamento em competências para resolução de problemas. Também serão oferecidas terapias breves em grupo e individual.

O projeto tem a coordenação das professoras Noecyr Terezinha Mendonça Chaves, que também é coordenadora do Curso de Psicologia, e Gina Nolêto Bueno, docente do mesmo curso. Para receber o benefício disponibilizado, o acadêmico deve preencher o Termo de Requerimento do Acadêmico de sua Inclusão no Projeto de Apoio Psicossocial a Acadêmicos de Graduação e/ou Pós-graduação da PUC Goiás, no qual o aluno apontará a atividade na qual deseja ser inserido. Ele pode optar por mais de uma.

Para participar, o estudante precisará dispor, em seu ambiente natural, de espaço privativo e de tecnologia (computador, celular e internet) para receber o suporte, tendo clareza do rigor do sigilo ético requerido e que terá de cumprir. Isso, em função de que todas as atividades ocorrerão por meio de plataformas digitais, devidamente apontadas no documento de disponibilização das atividades que o acadêmico pode ter acesso, seja no SOL Acadêmico, seja junto à Coordenação de seu Curso.

O projeto segue as regulamentações definidas pelo Conselho Federal de Psicologia – CFP e pelo Conselho Regional de Psicologia – CRP-09. Logo, os profissionais que ministrarão as atividades estão cadastrados no e-Psi.

Segundo as professoras Noecyr e Gina, a PUC Goiás, com a aplicabilidade desse Projeto, não apenas lança um programa de altíssimo nível técnico para suporte emocional e comportamental a seus acadêmicos, mas também demonstra a qualidade e a relevância do curso de Psicologia na formação dos futuros psicólogos que, prestarão seus serviços profissionais à sociedade.

 

Leia Mais
Casa do Estudante: cuidados redobrados