Data

05 / jun / 2020
Expired!

Tempo

14:00

EDRI – CORRUPÇÃO E DESIGUALDADE: O FIM DO CORONAVÍRUS É SÓ O (RE)COMEÇO?

Descrição: O propósito deste evento é analisar dois problemas históricos do Brasil, a corrupção e a desigualdade, no sentido de demonstrar que eles permanecem presentes em meio a essa pandemia e que retornarão ao centro das discussões políticas na situação pós-Covid-19. Para analisar esses problemas, a live contará com dois especialistas. Por um lado, Fernanda Odilla apresentará as principais contribuições dos estudos mais recentes sobre corrupção e contará alguns casos que ela estudou. Por outro, Daniel Henrique Alves explicará quais são os principais condicionantes da desigualdade no Brasil e quais as possíveis soluções para lidar com esse problema.

Palestrante: Fernanda Odilla Vasconcellos de Figueiredo Doutora em Ciências Sociais e Políticas Públicas pelo Brazil Institute no King’s College London (2020), mestre em Criminologia e Justiça Criminal pela Dickson Poon School of Law do King’s College London (2012), e especialização em Criminologia e Segurança Pública – CRISP-UFMG (2005). Jornalista de formação, com graduação em Comunicação Social pela PUC-Minas (2000), trabalhou em diferentes veículos de comunicação, como a BBC Brasil em Londres (2016 -2019), com ênfase no jornalismo político e investigativo. É autora do livro-reportagem “Pizzolato – Não existe plano infalível” (2014, LeYa), sobre a fuga e prisão do único condenado do mensalão que escapou do Brasil. Atualmente integra equipe do projeto BIT-ACT (Bottom-up initiatives and anti-corruption technologies: how citizens use ICTs to fight corruption), coordenado pela professora Alice Mattoni, na Faculdade de Ciências Políticas e Sociais da Universidade de Bologna. Entre as principais áreas de interesse estão estudos sobre corrupção, accountability, integridade, Estado e governo, administração pública. https://www.unibo.it/sitoweb/fernand.vasconcellos/en. Daniel Henrique Alves Doutorando em Economia Política no King’s College London, mestre em Economia Política Internacional pela mesma instituição em 2018 e bacharel em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo em 2012. Seu tema de pesquisa é como a redistribuição de renda ocorre na democracia, adotando o método qualitativo para analisar as relações entre desigualdade econômica, desigualdade política e redistribuição. Daniel também é pesquisador na Business Fights Poverty, uma organização social cuja finalidade é estabelecer colaborações importantes junto à sociedade.

Tags:
Leia Mais
ECISS – ESTABELECER LUGAR SEGURO E ESTIMULAÇÃO BILATERAL COM A TÉCNICA DA BORBOLETA