Morre cardeal Zenon Grocholewski, doutor honoris causa pela PUC

Foto: Weslley Cruz

Com pesar a PUC Goiás homenageia o cardeal polonês Zenon Grocholewski em razão de seu falecimento nesta sexta-feira, 17 de julho. Doutor honoris causa pela universidade e então prefeito da Sagrada Congregação para Educação Católica quando visitou a universidade para seu reconhecimento pontifício, em 2009.

A família do cardeal recebeu, ainda ontem, a homenagem do Papa Francisco em telegrama enviado a seu irmão, o senhor Wladislaw Grocholewski, em Poznán, Polônia. “Ele, em particular dedicou-se generosamente a serviço da Santa Sé […] deu testemunho de zelo sacerdotal, de fidelidade ao Evangelho e de edificação da Igreja”, destaou o Pontífice.

A formalização do título pontifício foi trazida pelo cardeal, em visita a Goiânia em setembro de 2009. Na época, Grocholewski demonstrou encanto pela universidade e pela cidade. “Peço a Nosso Senhor que se digne abençoar esta universidade para que continue crescendo e, com sua contribuição criadora de pensamentos e de ações, enriqueça o Brasil, a América Latina e o mundo inteiro” apontou na primeira conferência magna da universidade enquanto PUC.

Durante visita, o representante da Santa Sé celebrou missa inaugural da Paróquia Universitária São João Evangelista, localizada na Área 2 da instituição e recebeu, da universidade, o título de doutor honoris causa.

“Temos muita gratidão e reconhecimento ao cardeal Zenon Grocholeswki, pois, foi ele quem conduziu todo o processo de reconhecimento pontifício de nossa Universidade. Em 2009, pelo seu empenho decisivo, a UCG se tornou PUC. Ele, também, é um dos nossos Doutores honoris causa. Em 2009, veio a Goiânia nos visitar. Em Roma, sempre nos recebeu com muita deferência e carinho. Sua vida e ministério inscreve-se para sempre na história da PUC Goiás”,frisou o reitor Wolmir Amado.

Leia Mais
Direito do Trabalho é tema de jornada