Professora da PUC integra pesquisa internacional sobre efeitos do isolamento social

Cientistas de vários países se reuniram para pesquisar intervenções eficazes para apoiar a população diante do sofrimento psicológico causado pela pandemia do coronavírus e do isolamento social recomendado na maioria dos países.
A PUC Goiás é representada pela professora e psicóloga Daniela Zanini, do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia. A equipe busca avaliar os traços de personalidade, perfil sociodemográfico, condições do isolamento social e nível de sofrimento psicológico das pessoas em função da pandemia, em diferentes lugares.
Além da PUC Goiás, o trabalho reúne pesquisadores da Universidade de São Francisco (Brasil), Universidade de Brasília, Universidade do Porto (Portugal) e Universidade de New Brunswik (Canadá) e uma pesquisadora da Espanha. Estão participando do estudo voluntários de vários países, que se dispõem a responder os instrumentos da pesquisa. Para garantir o distanciamento e evitar o contágio pela Covid 19, todos os instrumentos são virtuais.
O estudo longitudinal permitirá avaliar o comportamento e as emoções das pessoas nas diferentes etapas da pandemia do coronavírus e o impacto do sofrimento psicológico em suas vidas. Os pesquisadores atuarão durante toda a pandemia, mas os primeiros resultados já serão revelados em abril.

Leia Mais
Programação debate filosofia, literatura e cinema na pandemia